Tarifas e prestação de serviços sustentaram lucro da CEF em 2018 

SÃO PAULO (8/ABRIL/2019) – A Caixa divulgou no dia 29 de março seu balanço do ano de 2018 apontando lucro líquido contábil de R$ 10,3 bilhões, em grande parte devido às receitas de tarifas bancárias e de prestação de serviços, uma soma de R$26,8 bilhões. Somente o FGTS e as loterias são responsáveis por 24% do total dessa receita, sem os dois seriam R$ 6 bi a menos, equivalendo a 62,8% do lucro líquido. Ao todo, tarifas e serviços tiveram uma variação de 7,10% na comparação com 2017. Ver tabela 1:

A soma desses valores é capaz de cobrir as despesas com pessoal em 124%. Despesa essa que vem caindo. A redução reflete a redução do quadro de empregados, com o fechamento de 2.702 postos de trabalho em 2018. Ver tabela 2:

Já a receita com intermediação financeira caiu, fruto do encolhimento de negócios. Acabaram caindo também as despesas com intermediação, o maior responsável é o corte na provisão de devedores duvidosos, o que causou impacto positivo no balanço. Ver tabela 3:

FONTE: APCEF/SP

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.