Feeb SP/MS incentiva pesquisa sobre Projeto Itaú 2030

Informações são fundamentais para embasar a defesa dos direitos dos bancários

Funcionários do Banco Itaú poderão opinar sobre o Projeto Itaú 2030, por meio de pesquisa online lançada com o objetivo de obter informações para facilitar a defesa dos direitos da categoria.

O Projeto Itaú 2030 foi apresentado em dezembro pelo banco e começou a ser implantado em janeiro em algumas agências do banco. De acordo com o Itaú, apenas 20 unidades receberiam as readequações no início. Entre as mudanças previstas estão a unificação das diretorias Comercial e Operacional, e a substituição do Agir (programa de remuneração variável dos bancários da rede de agências) pelo GERA.

Pesquisa
A pesquisa pode ser respondida online por meio deste link. O questionário busca saber de que forma a mudança tem afetado os funcionários, se tem gerado apreensão, se outras pessoas foram afetadas, quais as mudanças na rotina do funcionário, entre outras.
Para a Federação dos Bancários, as informações são fundamentais para embasar a atuação das entidades sindicais na defesa dos direitos.

“A mudança tem gerado uma série de queixas e de incertezas, sendo as metas impostas a principal delas. Somos a favor da pesquisa e da suspensão do plano no período da pandemia”, explica Reginaldo Breda, secretário Geral da federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Compartilhe:
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on print
Imprimir